Arquivos da categoria: Informações

VAGAS PARA O NOVO HOSPITAL DE SOROCABA – BOATO!

 

Gente…

Está circulando essa imagem no whatsapp:

(sem estar escrito mentira, isso fui eu)

Acontece que existe sim esse processo seletivo, mas NÃO É PRA SOROCABA! É pra São José dos Campos!

Então gente… Parem de compartilhar falando que é Sorocaba por favor…

Agora se você conhece alguém de São José dos Campos ou topa fazer o concurso pra ir trabalhar lá beleza! O link do edital é esse: http://www.mouramelo.com.br/arquivos/edital_PS_incs.pdf

Quer saber como eu confirmei isso? Uma simples ligação no escritório que é responsável pelo concurso.

ANTES DE COMPARTILHAR ALGO, CERTIFIQUE-SE DE QUE É VERDADE!

Não ajude a propagar boatos.

Abraço gente!

Prazo para saque em contas inativas termina na segunda-feira (31)

Termina na próxima segunda-feira (31) o prazo para saque em contas inativas do FGTS. Nesta última semana, os nascidos em todos os meses podem realizar o resgate de recursos. A Caixa Econômica Federal informa que aproximadamente 5 milhões de trabalhadores ainda podem realizar o saque.

 

Segundo a Caixa, já foram pagos mais de R$ 42,8 bilhões, beneficiando 25,3 milhões de trabalhadores. O valor, pago até o dia 19 de julho, corresponde a 98,33% do total inicialmente disponível para saque, que era de R$ 43,6 bilhões.  Cerca de 88,73% dos trabalhadores, beneficiados pela Lei 13.446/2007, já realizaram o resgate em contas inativas.

 

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, adverte que, caso o trabalhador não retire o saldo existente até a data limite, os saques de contas inativas só poderão ocorrer dentro dos critérios estabelecidos em lei. “O calendário para a retirada facilitada foi uma medida excepcional, com o objetivo de promover um alívio financeiro aos trabalhadores e o aquecimento da economia. Quem perder o prazo, só poderá realizar saques do FGTS nas situações previstas na legislação”, esclarece o ministro. Entre as situações previstas em lei para saques fora do prazo estão demissão sem justa causa; aposentadoria; doença grave, quando não houver depósito por três anos ininterruptos na conta; e aquisição de moradia própria, liquidação ou amortização ou pagamento de parte das prestações de financiamento habitacional concedido no âmbito do SFH.

 

Recomendação – Para sacar, o trabalhador precisa apresentar a carteira de trabalho. O documento só é obrigatório se a retirada for de mais de R$ 10 mil de uma das contas. Porém, se houver alguma falha no registro das suas informações, ele poderá ajudar a corrigir os dados do sistema.

 

Fonte: MTE.GOV.BR